segunda-feira, 2 de maio de 2016

Microsoft não deixa mais Cortana usar o Google para fazer buscas

A Microsoft quer ter certeza de que seus usuários no Windows 10 farão uso dos seus produtos em detrimento da concorrência. A partir de uma atualização liberada nesta sexta-feira, 29, a assistente virtual Cortana não pode mais usar o Google para realizar pesquisas.
A única opção do usuário a partir de agora é consultar o próprio buscador da Microsoft, o Bing. Além disso, os links abertos por essa pesquisa serão direcionados automaticamente ao navegador Edge, sem permitir que o usuário configure a assistente virtual para abrir em seu navegador padrão, seja ele o Google Chrome ou o Firefox.
Segundo a empresa, trata-se de uma maneira de otimizar as pesquisas da assistente virtual. A Microsoft afirma que Cortana foi feita para realizar pesquisas no Bing e precisa do Edge para executar certas funções. Alterando o motor de buscas e o navegador, a experiência de usar a assistente pode ser prejudicada.
É importante destacar que a mudança afeta apenas a barra de pesquisas da Cortana no canto inferior esquerdo na barra de tarefas do Windows 10. O usuário ainda pode mudar o mecanismo de busca padrão e o navegador, usando Google, Chrome, Firefox ou o que quiser. Curiosamente, a novidade foi inserida na versão final do sistema sem antes passar pelo programa de testes Windows Insider.

Fonte: Olhar Digital

Brasil é um dos 10 países onde mais surgem vírus de computador

A empresa de segurança em tecnologia Symantec divulgou nesta sexta-feira, 29, seu tradicional relatório anual de ameaças à segurança na internet. Entre os dados levantados, descobriu-se que o Brasil é um dos 10 países no mundo de onde mais nascem vírus de computador.
Só na América Latina, o Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking de países que mais “exportam” malware para o mundo, à frente de México e Argentina. Na lista global, os campeões são China, Estados Unidos e Índia. Curiosamente, porém, o Brasil também é um dos países mais atacados por ramsonware (vírus que “sequestra” dados da vítima em troca do pagamento de um resgate).
Mais de 71% do total das contaminações por vírus de computador no Brasil se dá por meio de posts compartilhados manualmente em redes sociais, como o Facebook. É o maior índice da América Latina, enquanto os países vizinhos são mais vítimas de ofertas falsas de prêmios ou promoções: mais de 80% na Colômbia, 70% na Argentina e Peru, e 51% no México.
O relatório também afirma que cerca de 500 milhões de dados pessoais foram roubados ou perdidos em todo o mundo ao longo de 2015. Mais detalhes sobre o estudo da Symantec podem ser colhidos clicando aqui.

Fonte: Olhar Digital

Google quer passar do ‘Mobile first’ para ‘Artificial Intelligence first’

O ano de 2016 definitivamente tem sido o ano da inteligência artificial, e a Google já tem trabalhado nisso há um bom tempo. Ela está noGoogle Now, no Google Fotos e em vários outros produtos da companhia. Por isso, a expectativa para o futuro da gigante das buscas é se tornar a “gigante da inteligência artificial”.
“Nós vamos sair do ‘mobile first’ para o ‘Artificial Intelligence first’”, disse Sundar Pichai sobre o movimento que a companhia está fazendo na carta dos fundadores aos acionistas publicada ontem (28/04). Essa carta chega junto com a divulgação dos resultados financeiros da Alphabet para o primeiro trimestre de 2016.
“Nós temos investido em aprendizado de máquina e inteligência artificial há anos, mas penso que estamos num ponto excepcionalmente interessante, em que essas tecnologias estão realmente decolando. Isso é muito importante para negócios também. Fazendo isso de uma forma muito cuidadosa, vemos um grande diferenciador em relação aos concorrentes”, completou Pichai.
Estamos num ponto excepcionalmente interessante, em que essas tecnologias estão realmente decolando
É interessante notar que o atual CEO da Google vê a inteligência artificial não apenas com um produto para o consumidor final, mas também para empresas. Essa visão tem a ver com a nova investida da companhia no setor corporativo, onde empresas como Amazon eMicrosoft estão se dando muito melhor que a Google.
Por conta disso, a gigante das buscas vai investir mais nos seus serviços de computação em nuvem. A expectativa é que, até 2020, esse setor possa ser mais lucrativo para a companhia do que a própria divisão de buscas, que tem sido o carro-chefe da Google desde sempre.

Fonte: Tecmundo

sexta-feira, 29 de abril de 2016

WhatsApp vai ganhar suporte a arquivos ZIP, caixa postal e ‘Callback’


Não há dúvidas de que o WhatsApp se tornou um dos aplicativos mais importantes para os consumidores de portáteis em todo o mundo. Por essa razão, não é de se espantar que atualizações e modificações no design ou nas funcionalidades dele se tornem notícia a todo instante. E com os novos vazamentos que surgiram não foi diferente.
No final da quinta-feira, surgiram novas imagens mostrando que o WhatsApp está prestes a receber mais novidades excelentes para os consumidores — novidades que fazem com que ele se aproxime cada vez mais de mensageiros criados para o desktop. Em breve, o mensageiro deve ganhar “caixa postal” (para chamadas de voz), envio de arquivos “.ZIP” e “Callback”.
Com esse último recurso, os usuários do WhatsApp devem receber notificações de que podem realizar chamadas de voz quando um usuário fica online — após uma tentativa frustrada pela ausência de rede, por exemplo. É um sistema idêntico às SMS de “Já posso receber chamadas” que os celulares enviam há vários anos.
Tudo isso deve ficar disponível já nas próximas semanas, mas por enquanto isso deve ser limitado ao WhatsApp Beta. Ainda não existe uma confirmação de quando as novidades serão disponibilizadas oficialmente na versão estável do app.
Fonte: Olhar Digital

Microsoft aumenta preços dos planos do Office 365



























A Microsoft resolveu que estava na hora de aumentar o valor cobrado pelo plano anual do Office 365, pacote que dá acesso aos softwares Word, Excel, Power Point, entre outras funcionalidades.
De acordo com a empresa, que enviou um comunicado aos assinantes, o valor anual da assinatura será modificado “para se adequar às variações cambiais e condições de mercado”.
O valor do pacote Personal, o mais simples e que oferece a instalação dos programas em um PC, Mac ou tablet, e 60 minutos de chamadas mensais no Skype, saltou para R$ 239. O plano Home, com acesso à cinco dispositivos diferentes, irá custar R$ 299 ao ano e o University, voltado para o público universitário, também irá custar R$ 299, mas pelo período de quatro anos.
Outros planos que sofreram alterações foram o Office Home and Business (R$ 959), Office Home and Student (R$ 399), Office Mac Home and Student (R$ 399) e o Office Mac Home Business 1 PK (R$ 959).

Fonte: Olhar Digital

sexta-feira, 22 de abril de 2016

CPFL oferece 11 vagas de eletricista para atuar em 4 cidades da região



Entre os locais estão Campinas, Americana, Piracicaba e Jaguariúna. Candidatos que tenham habilitação de trânsito se destacam na seleção

A CPFL Serviços, empresa do Grupo CPFL Energia que faz a prestação de serviços de infraestrutura energética, oferece 11 vagas na função de eletricista para trabalhar em quatro cidades da região de Campinas (SP). As inscrições terminam no dia 29 de abril.

São oferecidas quatro vagas para Campinas e mais quatro para Americana (SP), duas em Piracicaba (SP) e uma em Jaguariúna (SP).

Para se candidatarem, os interessados devem ser maiores de idade, ter experiência em construção de rede de distribuição de energia e residir na cidade onde pretendem trabalhar. O candidato que possuir habilitação de trânsito tem mais chance na seleção. A empresa informou que capacita os profissionais para área de atuação.

Benefícios

Os candidatos selecionados, segundo a CPFL, terão direito a benefícios como planos de saúde e odontológico, vale-alimentação e vale-transporte, além de seguro de vida e PLR (Participação nos Lucros e Resultados da empresa).

Fonte: G1